Sobre mim

Minha foto
Uma dama que aprecia arte em todas as suas formas. Repleta de sonhos, imaginação e poesia.

AF&LBN

AF&LBN

Marcadores

Eu recomendo:

Arquivo do blog

Facebook

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Semana 27 – Coisas legais para fazer nas férias...


Quando eu li a proposta dessa semana eu pensei em duas coisas. Primeira em colocar propostas para quem NÃO vai viajar nessas férias, porque afinal quem vai viajar já vai ter muitas coisas legais conhecendo a cidade onde for ou visitando algum parente ou amigo que mora longe. A segunda coisa que eu pensei foi no planejamento das minhas férias, que serão em maio esse ano por conta da greve. E, bem, caso haja outra greve já terei algo planejado para este período que não deixa de ser férias, meio aborrecidas, mas ainda assim férias.



1 – Colocar as leituras em dia – sabe todos aqueles livros que você tem vontade de ler, mas nunca sobra tempo o suficiente? Bem, este é um ótimo momento.

2 – Trabalhos manuais – Para quem gosta este é um ótimo período para relaxar e criar.

3 – Aprender algo novo – seja um novo idioma, um novo passatempo... Adquirir um novo conhecimento é sempre especial!

4 – Ter um pouco mais de contato com a natureza – Isso costuma relaxar bastante do estresse do dia-a-dia e nos deixa mais leves.

5 – Andar pela cidade procurando por lugares desconhecidos – uma nova loja, um novo café, um lugar que você ainda não conhecia...

Imagem: We heart it

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Dicas de Bela Adormecida


Meu namorado diz que a princesa que mais combina comigo é a Bela Adormecida, porque eu sou muito dorminhoca, mas a diferença é que eu não acordo com um beijo, na verdade eu não acordo nem que o mundo desmorone – segundo ele. =P
E usando como inspiração a princesa que melhor me representa eu decidi escrever algumas dicas de lifestyle. A propósito, fazia um bom tempo que eu não escrevi posts com dicas de lifestyle. Então espero que vocês desfrutem e que isso coloque um pouco de magia nas suas noites.



1 – Escolha uma camisola bonita e que a faça sentir-se como uma princesa;
2 – Coloque flores perto da sua cama;
3 – Se possível tenha um dossel ou um mosquiteiro;
4 – Forre sua cama com um jogo de lençóis elegante;
5 – Tome chá de camomila ou erva cidreira quando estiver se preparando para ir para cama, servido numa xícara de porcelana;
6 – Leia para si mesma uma história encantadora antes de dormir;
7 – Trance seu cabelo e/ou use uma touca de dormir;
8 – Adquira chinelos de tecido ou pantufas bonitinhas;
9 – Na falta de um fuso, borde antes de dormir, mas tenha cuidado para não se espetar com a agulha – talvez você caia num sono profundo demais e todo o seu castelo dormirá com você por cem anos;
10 – Faça com que os seus últimos pensamentos sejam agradáveis;
11 – Coloque uma relíquia sob o seu travesseiro, algo que tenha grande valor sentimental e que trará bons sonhos;
12 – Acorde com um beijo do seu príncipe encantado;
13 – Se não houver um príncipe encantado tenha um toque agradável no seu despertador;
14 – Anote seus sonhos num diário assim que acordar.


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Semana 26


Se eu pudesse trocar de profissão eu seria...


Foi interessante fazer o desafio dessa semana. Para quem não sabe, eu estou cursando Licenciatura em Letras/ Língua Portuguesa e Literatura, mas sinceramente eu não gostaria de lecionar numa escola regular, então eu estou buscando alternativas de pós-graduações para que eu possa trabalhar em outras áreas caso eu não consiga o meu mestrado em Literatura logo de cara.
Acho que a vida inteira as pessoas esperavam que eu fosse jornalista, porque minha mãe é jornalista, mas eu jamais escolheria isso para mim porque eu só conseguia ver o lado perigoso do jornalismo. Quando eu era criança minha mãe fazia muitas reportagens investigativas e já recebeu algumas ameaças de morte, ela também fez reportagens em penitenciárias durantes rebeliões e muitas outras coisas que me faziam pensar que eu poderia perder a minha mãe a qualquer momento. Eu só pensava que eu não queria isso para mim, mas que principalmente não queria isso para os meus filhos.
Claro que existem coisas legais na profissão de jornalista, mas se algum jornalista ou estudante de jornalismo ler isso espero que entenda o que eu estou falando e não me leve a mal.

Agora que eu já falei da minha profissão e da profissão que eu NÃO teria, vamos falar das profissões que eu poderia ter.




1 – Psicóloga – Eu comecei a fazer Psicologia e parei no segundo ano. A verdade é que chegou um ponto em que eu tinha que escolher entre prosseguir com o curso ou ter saúde mental. Depois que eu comecei a cursar Letras eu pensava em voltar para Psicologia depois e concluir o curso. Hoje não penso mais, eu me encontrei em Letras.

2 – Paisagista – Adoro jardim, floresta, natureza... Adoro mexer com plantas. Então isso seria uma delícia para mim. Ainda penso em fazer o curso de paisagismo, como uma segunda faculdade.

3 – Chef de cozinha – eu adoro cozinhar e aprecio a culinária sofisticada. Quando criança eu pensava em ter diversas profissões essa era uma delas.

4 – Designer de moda – eu pensei em fazer faculdade de moda quando terminei o Ensino Médio.

5 – Artista Plástica – Na verdade eu gostaria de ter talento para isso.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

O Mágico de Oz

Entre as promessas que eu fiz para 2013 estavam ler pelo menos um livro por mês (além dos que eu necessito ler para a universidade) e ser mais lifestyler. Bem, a primeira eu fiz porque eu sentia falta de ler algo meramente por prazer e não por obrigação. Claro que eu tenho prazer em ler os livros da faculdade, as eu queria simplesmente apreciar os livros sem a obrigação da faculdade e também que fossem com temáticas diferentes.
Eu optei por livros que fossem condizentes com Lolita, bem eu também gostaria de ler alguns livros com temáticas Mori, mas ainda não encontrei sugestões.

Neste mês eu li somente um livro que foi O Mágico de Oz de L. Frank Baum.


Quando criança eu assistia ao desenho do Mágico de Oz e me encantava por cada personagem e pela criatividade da história, mas para que não conhece muito bem eu vou falar um pouco sobre o enredo do livro.

Dorothy era uma garotinha que morava com os tios no Kansas e um dia um ciclone a leva - juntamente com a casa e o seu cachorro Totó - para Oz, uma terra mágica. Para que ela possa retornar para onde estão os seus tios ela precisa encontrar o grande Mágico de Oz na Cidade das Esmeraldas. Durante a sua viagem ela faz três novos amigos: o Espantalho, o Lenhador de Lata e o Leão. Cada um deles tinha um pedido especial a fazer para o grande mágico. O Espantalho queria um cérebro, O Lenhador de Lata queria um coração e o Leão queria coragem; e o Mágico de Oz era o único que poderia atender a todos os desejos. 

Os trechos que eu vou destacar do livro são falas dos três amigos de Dorothy que exprimem o motivo pelo qual eles querem que os seus desejos sejam atendidos. Podem ser frases bobinhas, mas foram as que mais me despertaram minha atenção.

"É um sentimento tão desconfortável saber que a gente é um bobo."  - Espantalho.

"(...)houve um tempo em que eu tinha cérebro e também um coração; e tendo experimentado os dois, eu realmente prefiro o coração" - Lenhador de Lata. - Tive um carinho especial por essa personagem. Ele era um lenhador que um dia se apaixonou por uma moça,e essa trabalhava para uma senhora muito má e preguiçosa que não aprovava o casamento. Então essa senhora pediu para que uma bruxa que ajudasse para que o casamento não se realizasse. A bruxa enfeitiçou seu machado e com isso o machado amputou a perna do lenhador, mas um serralheiro lhe fez uma perna de lata. O machado foi novamente enfeitiçado e cortou a outra perna, um braço, o outro braço, a cabeça, o tronco... E assim todo o seu corpo fora sendo substituído por metal e ele pode continuar vivendo, mas ele já não tinha mais um coração e já não podia amar.

"(...) porque a vida é simplesmente insuportável sem um pouco de coragem" - Leão.

Enfim, eu acredito que se você quer um livro que traga doçura e magia essa é uma excelente opção.

Para concluir este post eu vou exibir o clipe do filme O Mágico de Oz que fora gravado em 1939 para que vocês terminem de ler este post repletas de doçura.


sábado, 16 de fevereiro de 2013

Semana 25 – Tenho aflição de...

Olá, pessoal, primeiramente eu quero pedir desculpas por não ter tido tanto tempo para me dedicar ao blog. Bem, eu tenho que começar a fazer minha monografia e tenho uma porção de trabalhos para fazer e livros para ler, então peço um pouco de paciência.

Bem, eu queria ter postado o desafio da semana ontem, mas estou postando hoje, no último dia da semana. Pardon!!!


1 - Etiquetas nas roupas – Eu corto todas porque odeio a sensação de quando as etiquetas das roupas tocam a minha pele.

2 – Lugares exageradamente silenciosos – Sempre que o silêncio fica em excesso eu sinto um vazio terrível..

3 – Sangue – Essa é a pior das minhas aflições. Eu me sinto tremendamente mal quando eu vejo sangue. Eu fico zonza e nauseada sempre que vejo sangue e tenho a impressão que eu vou desmaiar. Bem, de fato eu já desmaiei uma vez.

4 – Vasos sanguíneos visíveis na pele – Me causa uma sensação muito similar a quando eu vejo sangue, só que me causa mais nojo do que mal-estar. Sinto isso até quando é em mim mesma. Isso me acomete desde que eu sou criança.

5 – Conversar sobre a prova nos instantes antes e depois – Isso me deixo nervosa, ansiosa... me dá aflição.




quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Pintura em móveis

Nos últimos tempos eu tenho apreciado muito pintura e eu tenho gostado cada vez mais de pintar. Sei que as minhas pinturas estão longe de serem boas. 
Eu tenho apreciado especialmente as pinturas em móveis. Pinturas delicadas com inspirações românticas... Com uma inspiração vitoriana ou com um toque campestre, misturando rústico e romântico. Fico inspirada e qualquer hora dessas vou pintar algum móvel do meu quarto. Espero que se sintam tão inspiradas quanto eu ao fim desse post e também queiram pintar.



















domingo, 10 de fevereiro de 2013

Uma flor



Havia uma flor com o seu nome – era tudo o que ele sabia. Ela não era bela, não havia qualquer detalhe físico que fosse digno de ser admirado. Definitivamente não era bela, mas havia uma flor com o seu nome e era uma moça inteligente como poucas pessoas são. Isso fez com que ele se apaixonasse. Ela era eloquente, ágil e vivaz. Ele a queria, queria muito! Ela só queria a si mesma, ela se bastava. Ele não se conformava, não entendia como ela poderia não querê-lo.
Ele era belo, inteligente e tinha tudo o que qualquer outra moça poderia procurar num rapaz. O fato daquela moça não querê-lo o feria gravemente. Ele não poderia obriga-la a amá-lo e se pudesse não o faria, preferia a dor do que tê-la contra a vontade; mas se houve uma maneira de despertar essa vontade....
Ele queria aquela moça porque havia uma flor com o seu nome, e o amor brotava no coração dele. Não há uma única flor que não seja bela e aquele em específico era bela em sua essência e quanto menos ela o queria mais bela se tornava.

Imagem: Encontrada aqui
sábado, 9 de fevereiro de 2013

Semana 24 - Casais preferidos

Em primeiro lugar quero pedir desculpas por ter ficado a semana inteira sem postar, mas é que essa semana foi meio caótica. Vou tentar por minha vida em ordem nesse feriado de carnaval. Na verdade tenho uma tonelada de coisas para fazer então vou passar o carnaval lendo e fazendo trabalhos da faculdade, o que para mim não é nenhum sacrifício, visto que eu nunca gostei de carnaval.


Bem, o tema do Top 5 dessa semana é "Casais Preferidos", de séries, filmes, livros etc.
Bem, eu peguei um casal de cada universo. Sendo eles (por ordem): anime, filme, literatura, graphic novel e serie. Embora eu tenho os enumerado eu não consigo classifica-los como os que eu adoro mais e os que eu adoro menos,mas são meus cinco casais favoritos.


1- Rue e Mytho (Princess Tutu) – Quando eu comecei a assistir Princess Tutu eu não gostava da Rue e achava que o Mytho fazia um casal perfeito com a Ahiru, mas quando terminei de assistir eu percebi que a Rue amava verdadeiramente o Mytho e por isso lutava tanto para estar ao lado dele e que eles 
mereciam ficar juntos.




2 – Sabina e Dr. Jung (Jornada da alma) – Sabina é uma paciente histérica do Dr. Jung com quem ele tem um caso extraconjugal. Eu não sou a favor de relações extraconjugais nem nada do gênero, mas a história em si é tão bonita.



3 – Hamlet e Ofélia (Hamlet) – Algumas pessoas vão dizer que eu deveria ter escolhido Romeu e Julieta, mas além de ser muito batido, digo comum, eu acho que Hamlet e Ofélia formam um casal mais pueril e romântico. 


(Não encontrei o nome do autor da imagem, foi retirada desse site


4 – Vladek e Anja (Maus) – Maus é uma Graphic Novel, criada por Art Spielgelman, inspirada em fatos verídicos. Cada grupo é representado por um animal na história. Os judeus são ratos, os nazistas são gatos, os poloneses são porcos, os americanos cães e os franceses sapos. Vladek e Anja são um casal que sobreviveram ao Holocausto (e são os pais do autor), a história é muito comovente. Vale a pena ler. Escolhi esse casal em especial porque é bonito ver o amor de Vladek por Anja e como eles conseguiram sobreviver e superar toda esse período bárbaro da História.


Uma imagem deles representados nos quadrinhos.


Uma imagem real deles com o filho primogênito (que foi morto no Holocausto).


5 – Ryan O’Reilly e Drª. Nathan (Oz) – Ryan é um presidiário e a Drª. Nathan uma médica que trabalha na penitenciária. Ryan se apaixona por ela quando descobre que está com câncer e ela se dedica a cuidar dele, mas eles não vivem um romance (até a temporada em que eu assisti). Bem, se eu estivesse pensando em ensinar moral, bons costumes e exemplos de um amor saudável e tranquilo e jamais escolheria esse casal Ryan, quando vê que a Drª. Nathan não corresponde as suas expectativas românticas, pede ao irmão para matar o marido dela. Apesar de várias atitudes insanas e cruéis, eu acredito que Ryan O’Reilly realmente ama a Drª. Nathan, de uma maneira totalmente irracional, mas intensa e verdadeira. Acho que isso faz com que eles se tornem um dos meus casais favoritos.


(Imagem do Tumblr)



sábado, 2 de fevereiro de 2013

Minha Adorável Hóspede

Há um tempo eu tenho uma hóspede no meu jardim. Ela é muito adorável e eu demorei um tempo para notar sua presença. Ela fez um ninho no meu jasmineiro e certamente deve estar chocando seus ovinhos. 



A única coisa que me preocupa é que a árvore está com fungo, então precisaríamos podá-la e borrifar remédio, por enquanto estou adiando isso. Não quero espantar minha hóspede, tão pouco machucá-la. Ela não é adorável?



sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Semana 23

O tema do Top 5 dessa semana é "Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo". Bem, eu não gosto muito de falar sobre coisas ruins ou coisas das quais eu não gosto aqui no blog. Eu tento sempre concentrar minha energia em coisas boas, mas essa é uma forma das pessoas me conhecerem melhor.


1 – O apelo adolescente entre as crianças – as crianças querem que a adolescência chegue logo. Eu sei que a adolescência é uma fase maravilhosa da vida, cheia de descobertas, mas ela acontece fase certa. Me irrita um pouco ver crianças se vestindo e agindo como se fossem adolescentes e pulando uma etapa mágica de suas vidas.
                                    
2 – Banalização de tudo o que é precioso – O amor, o eterno, o infinito... E tudo o que é mágico e intenso acaba sendo banalizado. É tão fácil para certas pessoas dizerem que amam alguém eternamente que elas amam uma pessoa eternamente a cada semana.

3 – Exaltação do erotismo – Sei que houve séculos e mais séculos de repressão sexual na humanidade e... Ufa! Finalmente podemos falar sobre sexo! Acontece que hoje em dia a proposta é sexo vende. E acaba novamente ficando ridículo e banalizado.

4 – Excesso de anestesias – Bem, eu escrevi um artigo sobre isso ano passado (se quiser ler clique aqui). Eu acho que todos queremos uma cura par as nossas dores, mas o que vemos no mundo contemporâneo são pessoas negando suas dores ao invés de aceita-las. As pessoas buscam álcool, diversão, contatos físicos... qualquer coisa para que esquecer suas dores, mas quando elas retornam a dor continua no mesmo lugar.

5 – Padrões de beleza tão rígidos – Magreza excessiva, silicone, creme antirruga, tratamento anticelulite... Temos que ser perfeitos e padronizados. É proibido ter defeitos!

Imagem: We heart it


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livro

Livro
Para quem deseja adquirir o livro "As donzelas e as sombras" de Luana Madrepérola, também autora do blog Doce Madrepérola. Clique na imagem.

Seguidores

Postagens populares

Heart it

Instagram