Sobre mim

Minha foto
Uma dama que aprecia arte em todas as suas formas. Repleta de sonhos, imaginação e poesia.

AF&LBN

AF&LBN

Marcadores

Eu recomendo:

Arquivo do blog

Facebook

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Semana 49:


 Lugares no mundo que eu gostaria de conhecer:



1 – Inglaterra – Se existem vidas passadas certamente a minha última foi lá.

2 – França – Acho que a França é um dos lugares mais românticos do mundo.

3 – Japão – Qual admiradora da moda japonesa não quer?

4 – Finlândia – Acho que isso aconteceu pelo fato de eu adorar bandas finlandesas.


5 – Disney – Não fui quando criança e minha vontade não diminuiu pelo fato de eu ter me tornado adulta. 

Imagem: We heart it
terça-feira, 27 de agosto de 2013

10 books

Recebi a tag da Belle do Kreativ. Aliás, eu estou devendo uma carta resposta para ela. (Shame on me!!!).

Foi difícil escolher apenas 10 e eu tentei faz um comentário breve em cada livro para o post não ficar muito mais extenso.

Mas, vamos a tag:

Regras:

- Citar os nomes dos 10 livros que mais gostou.
- Indicar 10 blogs para fazer o mesmo.
- Avisar os 10 blogs.
- Citar a pessoa que te indicou.



1 – O retrato de Dorian Gray – Oscar Wilde.

Eu li um resumo do livro em inglês e fiquei muito curiosa para lê-lo e quando o li ele logo se tornou meu livro favorito.

2 – Alice no país das maravilhas – Lewis Carroll.

Que Lolita não ama a Alice? Ela é a personagem mais amável de toda a literatura infantil!!! Eu não tenho vontade de ter filhos, mas sempre penso “Se um dia eu for mãe quero ter uma filha com a personalidade da Alice.”.

3 – O pequeno príncipe – Antoine de Saint-Exupéry

Sério que eu preciso comentar? (*.*) É um livro muito perfeito!!

4 – Otelo – Hamlet

Lembro-me que assisti a uma adaptação da peça na escola quando estava na oitava série e fiquei muito curiosa para ler o livro e quando o li pensei “É muito melhor do que eu imaginava!!”.

5 – O choro no travesseiro – Luiz Vilela

Foi o primeiro livro que eu li do Luiz Vilela (autor com o qual eu estou trabalhando na minha monografia e pretendo leva-lo ao mestrado). Foi uma espécie de amor à primeira leiturai!!

6 – Feliz Ano Velho – Marcelo Rubens Paiva

Li esse livro por recomendação da minha mãe e foi um livro que eu li praticamente todo numa tarde. Tornou-se um dos meus favoritos.

7 – O jardim Secreto – Frances Hodgson Burnet

Eu já era apaixonada pelo filme quando li o livro foi amor total!! O que eu mais gosto nessa obra é ver que ao mesmo tempo em que as crianças transformam o jardim elas são transformadas por ele, porque às vezes tudo o que uma pessoa precisa para mudar é ter algo no qual depositar o seu amor.

8 – Amar, verbo intransitivo – Mario de Andrade

Eu li esse livro para a aula de Literatura Brasileira III e foi um dos livros que mais gostei. O que mais me atraiu nele foi a paixão do narrador pela personagem Elza. Acho que eu nunca vi um narrador assim tão próximo de uma personagem e chega a dizer que ele não a criou, mas que ela o escolheu.

9 – Justine – Marquês de Sade.

Eu baixei esse livro por curiosidade, tinha vontade de conhecer algo de Marquês de Sade e o li numa tarde, comecei e não consegui parar até o fim. A história é sobre duas irmãs que ficam órfãs, Juliette e Justine. Juliette propõe que elas se prostituam para viver, mas Justine não está de acordo e decidi seguir uma vida de virtudes, porém quanto mais virtuosa ela tenta ser a mais situações cruéis ela é submetida; enquanto a sua irmã, quanto mais coisas erradas faz mais glórias ela tem. Esse mesmo livro pode ser encontrado com o título “Os infortúnios da virtude”.

10 – Frankenstein – Mary Shelley

Frankenstein foi uma grande surpresa para mim, eu o adquiri aos 14 anos, mas foi lê-lo alguns anos depois. Eu esperava mais terror e ficção científica, mas me deparei com algo bem mais poético. Não há como não se apaixonar pelo monstro.


Indicações:


Tá, eu sei que não deu 10!
Se algum dos indicados já respondeu não precisa responder novamente.

Imagem: We heart it
domingo, 25 de agosto de 2013

Boina "Rocambole"

Há um tempo atrás eu aprendi uma técnica de crochet num programa de artesanato da TV em que as cores das linhas vã se misturando em forma de espiral e pode ser usado com até três linhas de cores diferentes. Então eu decidi usar esse conhecimento para fazer uma boina. E fiz também um detalhe removível para decorá-la, um laço nas cores usadas no trabalho e um coração de biscuit que eu pintei um espiral nele também para acompanhar o desenho da boina. Quando concluí o trabalho achei que ficou parecendo um rocambole.




 (Sempre fico horrível nas fotos que eu tiro de mim mesma, mas só estou postando para que vocês vejam os detalhes da boina)


Gostaram do resultado?

sábado, 17 de agosto de 2013

Semana 48: Nunca tive coragem de...

Foi complicado responder esse desafio. Quando eu vi o tema logo pensei “Quais são as coisas que eu gostaria de fazer e nunca tive coragem?”, num geral eu enfrento bem o medo. Há certas coisas que eu nunca fiz por falta de oportunidade, mas que eu adoraria fazer como mergulhar no oceano; outras que eu fiz e não pretendo fazer de novo como pintar o meu cabelo de roxo; e há uma porção de coisas que nunca despertaram minha vontade. Só consegui pensar em três itens tolos que estão descritos abaixo.


1 – Fazer um vlog – simplesmente pelo fato de que eu tenho pavor mortal de ser filmada, mas se eu conseguisse superar isso eu adoraria.

2 – Fazer uma segunda tatuagem – estranho eu dizer isso porque eu já tenho uma, mas sempre que planejo fazer uma segunda nunca sai do projeto.

3 – Doar sangue – essa é uma ótima maneira de ajudar as pessoas, todos que são aptos deveriam fazê-lo. O meu problema é que eu desmaio se vejo sangue, logo não me sinto capaz disso.

Imagem: We heart it

domingo, 11 de agosto de 2013

Daily Outfit - Mori inspired

Hoje foi dia dos pais e eu dei os parabéns à minha mãe que sempre foi mãe e pai. :)

Espero que todos tenham aproveitado bem esse dia de muito amor!!

Mudando de assunto... Este foi o look que eu usei hoje para ir à casa do meu amor. A inspiração para ele foi o estilo Mori Girl. Quis algo simples e confortável.



Descrição:

Tiara: feita por mim
Vestido: presente da minha mãe,um dos meus vestidos favoritos.
Pulseira: Le Café
Sapatilha: Melissa
sábado, 10 de agosto de 2013

Semana 47 - Quando estou apaixonada eu...

Esse desafio foi fácil, visto que eu namoro há 1 ano e (quase) 8 meses e acho que ainda não saí da fase “açucarada” do relacionamento, nem pretendo sair.





1- Falo do ser amado constantemente. – Enfim, todo mundo sabe da existência dele.

2- Adoro fazer coisinhas fofas para ele. – Bilhetinhos, cartas, artesanatos... Minha cara, né?

 3 – “Engordo” o meu amado. – Eu adoro cozinhar e acho essa uma ótima demonstração de afeto. Adoro fazer pratos que agradem o meu amor.

4 – Fico manhosa – quer dizer, fico mais manhosa do que o de costume.

5 – Penso no meu amado pelo menos 70% do meu dia.


sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Breve confissão de uma princesa


Algumas pessoas podem pensar que eu passo a vida esperando viver um conto de fadas, numa vã ilusão infantil, mas elas estão erradas. Eu não preciso esperar porque a minha vida já é um conto de fadas, mesmo sem dossel de flores e tiara de diamante. Eu escolhi ver a vida de forma doce, apesar de todo o áspero amargor do dia-a-dia. Isso me faz uma princesa!
Questões da existência humana, vez ou outra, sufocam o meu coração como o de qualquer outro mortal. Nenhuma história, por mais suave que seja, é linearmente feliz. Há sempre conflitos e eles fazem com que valorizemos as tão almejadas conquistas. O que me faz diferente é optar por olhar os acontecimentos com encanto.
Nunca houve danos ao colocar uma pitada de magia na vida e, no entanto, a total falta de doçura e gentileza traz péssimos resultados. Eu acredito que com flores podemos salvar o mundo e por mais absurdo que pareça ainda é mais funcional do que a violência que as pessoas empregam diariamente. Viver é árduo e é preciso que nos refugiemos em algum lugar, que tenhamos sonhos e fantasias.



Imagem: We heart it
quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Introdução à técnica do Scrapbook




Sendo Lolita ou não, montar um scrapbook é algo adorável!! Uma forma criativa de montar um álbum de fotografias para mostrar para os amigos e familiares, algo que se pareça com você, que seja fofo, divertido, elegante, charmoso... Enfim, com o seu estilo!

Algumas curiosidades históricas

Dizem que a arte do scrapbook começou há muitos séculos na Europa onde as pessoas registravam os fatos através de diários, algumas pessoas usavam um tipo de álbum chamado Commonplace book em que o dividiam em escrever poemas, fazer anotações e guardar pequenas relíquias como mechas de cabelo. Na Inglaterra do século XIX a Rainha Victória expunha seu scrapbook no Palácio Real. Além dela outras pessoas notórias dedicaram seu tempo a arte do scrapbook como Thomas Jefferson e Mark Twain.

O que é preciso saber para começar a fazer um scrapbook?

Além de expor suas fotos de uma maneira criativa algo que se deve levar em conta é a conservação das fotos, então é importante que os materiais utilizados não contenham ácido na composição. um dos maiores "vilões" das fotos é o ácido PVC (polivinil), ele pode deteriorar as fotos com o passar dos anos. Sempre que for escolher os materiais (cola, adesivo, papel, álbum...) verifique se é livre de ácido.
Alguns materiais de scrapbook podem ser caros, porém se você souber usar a criatividade não precisará gastar tanto dinheiro, por exemplo: você pode desenhar e recortar os papéis ao invés de comprar uma coleção de furadores de papel para fazer sua primeira página de scrapbook.

Para começar:

Você pode começar escolhendo um álbum onde queira colocar os seus trabalhos, algumas folhas de papel, uma tesoura comum e cola. Escolha papéis e elementos que combinem com a(s) foto(s) que colocará na página. Se for uma foto em que você esteja usando Sweet Lolita coloque adesivos de doces ou de lacinhos, uma tag combinando com as cores da sua roupa e  alguns recortes de papel no formato de corações, estrelas, lacinhos... Usufrua da sua imaginação e doçura. Para se inspirar veja alguns tutoriais de scrapbook. - Depois postarei alguns aqui.

Álbum: 

Você pode usar um álbum com plásticos para colocar as páginas prontas do scrapbook ou um caderno com folhas de papel em que você colará as fotos, molduras, recortes, etc. Eu, particularmente escolhi a segunda opção. É possível também montar o próprio álbum encadernando algumas folhas de scrapbook. Lembre-se que você também pode decorar a capa do seu álbum.

Papéis:

Você encontrará papéis próprios para scrapbook nas papelarias, eles são livres de ácido e são os mais recomendados para conservar suas fotos. Há papeis em cores lisas, estampados, com purpurina... Enfim, uma variedade de estilos para combinar com você. Você pode fazer molduras para suas fotos, tags, recortes em formatos variados... Há também páginas prontas para scrapbook com um design, molduras e um espaço para colar as fotos. Essa pode ser uma boa opção se você não sabe por onde começar.

Para colar:

Assim como os papéis a cola usada deve ser própria para scrapbook, as colas brancas comuns possuem ácidos que podem deteriorar suas fotos com o passar do tempo. Uma outra opção para colar é a fita autocolante com espuma, também conhecida como fita banana, além de colar ela deixa as fotos ou os demais elementos da página em alto relevo, também é boa para quando for colar apliques de metal ou miniaturas no seu álbum.

Algumas sugestões de outros materiais que você também pode usar:

Adesivos (próprios para scrapbook)
Papel vegetal
Tesouras artesanais
Furadores (com formas variadas)
Ilhóses
Botões
Linha de bordado (sim, fazer bordado no papel)
Cantoneiras para fotos
Apliques de metal
Miniaturas
Boleadores
Rendas
Fitas de cetim









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livro

Livro
Para quem deseja adquirir o livro "As donzelas e as sombras" de Luana Madrepérola, também autora do blog Doce Madrepérola. Clique na imagem.

Seguidores

Postagens populares

Heart it

Instagram