AF&LBN

AF&LBN

Marcadores

Instagram
terça-feira, 8 de abril de 2014

10 dicas para ter uma vida de princesa


1 – Ame-se
Com quilinhos a mais ou a menos, sardas, cabelo liso ou cacheado... Saiba que você é linda e especial por cada traço de sua aparência e personalidade. Acredite nisso!

2 – Use mais saias e vestidos
Você se sentirá mais feminina. Aposte em tecidos leves e suaves com estampas delicadas. Se achar desconfortável andar por longas horas de saia experimente usar um shortinho de lycra (do tipo que se compra em lojas de lingerie) por baixo ou um bloomer.

3 – Todos os dias use algo que te lembre da sua missão de ser uma princesa
Um acessório de camafeu ou de coroa, um lenço bordado na bolsa, batom com gliter... Enfim, qualquer coisa que faça você se lembrar de que é uma princesa.

4 – Coloque atividades prazerosas na sua rotina diária
Ter um momento para tomar chá, ler o seu livro favorito, dançar, fotografar a natureza, pintar... Faça o que te der prazer sempre!

5 – Coloque mais flores na sua vida
No seu cabelo, nos seus acessórios, na decoração do seu quarto, na estampa dos tecidos, no seu jardim e onde mais elas couberem.

6 – Faça algo especial para si mesma
Compre para si um presente, passe o dia no spa, prepare sua comida favorita... Trate-se bem!

7 – Seja gentil
Essa é uma qualidade rara nos dias de hoje e trará maravilhosas recompensas!

8 – Elogie mais, critique menos.
Isso contribuirá para fortalecer suas virtudes de princesa.

9 – Tenha um hobby que exercite sua delicadeza
Confeitaria, bordado, jardinagem, costura, dança, pintura...

10 – Coloque mais amor em tudo o que for fazer
Amor é o ingrediente principal para uma vida de contos de fadas.

 Imagem: We heart it




sexta-feira, 4 de abril de 2014

50 livros que toda lolita deveria ler

Quando eu fiz a resenha do livro A dança da floresta eu comentei sobre esta lista dos 50 livros que toda lolita deveria ler que foi feita pela Princess Skye no seu antigo blog Princess Portal. Eu não sei qual o título original da postagem que ela fez no blog, nem quem fez a tradução da lista para a língua portuguesa. Eu apenas a peguei de uma comunidade sobre Lolita Lifestyle no Orkut há alguns anos atrás, então se alguém souber de que é a autoria da tradução pode me informar que eu coloco aqui.


Eu li apenas uma meia dúzia dos livros que estão aqui, os que eu fiz a resenha estarão com o link da postagem em que eu falei sobre eles. A maioria deles não tem tradução para a língua portuguesa, muitos deles você poderá encontrar na Livraria Cultura ou no site do Kobo, não quero fazer propaganda, mas achei interessante indicar onde você poderá comprá-los.

Anne de Green Gables - L.M.Montgomery
A Princesinha - Frances Hodgson Burnett
O jardim Secreto - Frances Hodson Burnett
Ella Enfeitiçada - Gail Carson Levine
Fairest - Gail Carson Levine
The Two Princesses of Bamarre - Gail Carson Levine
Fairy Godmother - Mercedes Lackey
The Black Swan - Mercedes Lackey
The scent of magic - Andre norton
Wind in the stone - Andre norton
Abundance: A novel of Marie Antoinette - Sena Jeter Naslund
Summers at Catle Auburm  - Sharon Shinn
A dançada Floresta - Juliet Marillier
Sangue de Tinta - Cornelia Funke
A princesa e o capitão - Anee-Laure Bondoux
Just Ella,Margaret - Peterson Haddix
Annette Vallon - James Tipton
Dreamhunter - Elizabeth Knox
The tale of Despereaux - Kate DiCamillo
Beauty - Robin McKinley
Rose Daughter - Robin McKinley
Shimotsuma Monogatari/Kamikaze girl - Novala Takemoto
The Last Unicorn - Peter S.Beagle
The Starthorm Thee - Kate Forsyth
Into the land of the Unicorn - Bruce Cobille
The tin Princess - Phillip Pullman
North Child - Edith Pattou
Alice no pais das maravilhas - Lewis carrol
The once and future king- TH White
Dealing with dragons - Patricia C. Wrede
Howl's Moving Catle - Dianna Wynne Jones
The Tower at Stony Wood - Patricia McKillip
Firebird - Merceds Lackey
The Lioness Quartet - Tamora Pierce
The princess bride - William Goldman
Prospero's Children - Jan Seigel
The Weirdstore of Brisingamen - Alan Garner
The Moon of Gomrath - Alan Garner
The Wind Singer - Willian Nichlson
The Hidden Diary of Marie Antoinette - Carolly Erickson
Queen of Diamonds - Jean Plaidy
Milady Charlotte,Jean Plaidy
At the back of the north wind - George Macdonald
Good Witch of the West - Noriko Ogiwara
A historia sem fim - Michael Ende
Momo - Michael Ende
O mundo de Sofia - Jostein Gaarder
Daughter of the empire  - Raymond E.Fiest and Janyy Wurts
Spinners - Donna Jo Napoli And Richard Tchen
Acesion - Kara Dalkey



quinta-feira, 3 de abril de 2014

4 anos

Olá, pessoal!! Na última segunda, dia 31 de Março, o nosso cantinho completou 4 anos. Passou rápido, não é mesmo?

Eu adorei cada dia, cada postagem que fiz e cada comentário que vocês deixaram. Obrigada a todos que passam por aqui, que se inspiram com o que eu escrevi e que me inspiram a continuar espalhando magia, esperança, amor e tentar transformar o mundo num maravilhoso conto de fadas. A todas vocês que estiveram presentes desde o início e para quem chegou há pouco tempo.

Eu adoraria poder fazer um bolo enorme e delicioso e dividir com todos vocês!!


Eu sinto muito por não ter me organizado para sortear um presente este ano, mas tentarei no próximo. 

Um beijo enorme e uma vida doce!!

sexta-feira, 28 de março de 2014

A dança da floresta

A dança da floresta

Este livro está na lista dos “50 livros que toda Lolita deveria ler” feito pela Princess Skye no seu antigo blog “Princess Portal”. Claro que inicialmente o que me chamou atenção foi o título, porque afinal eu adoro histórias de floresta, sou assumidamente apaixonada por coisas relacionadas ao universo mori e acho que esse livro tem tanto de mori quanto de loita. Eu li uma breve sinopse do livro antes de compra-lo e me interessei bastante, não me arrependi de maneira alguma desse investimento, encontrei muito com o que me encantar nessa história.

Alguns dados técnicos

Autora: Juliet Marillier
Título Original: Wildwood dancing
Ano de publicação: 2007
Ano da primeira publicação no Brasil: 2008
Editora: Prumo
Gênero: Infanto-juvenil, Conto de fadas



A história se passa num castelo da Transilvânia, Piscul Dracului, onde reside a protagonista e narradora, Jena, uma garota de dezesseis anos. Ela, seu sapo de estimação e suas quatro irmãs guardam um segredo. Nas noites de lua cheia elas abrem um portal para um reino mágico numa floresta encantada onde participam de um baile dançante com criaturas fantásticas. No fim da noite elas retornam ao lar.
O pai, Teodor, permite que as filhas tenham um tipo de educação que não era comum para meninas da época. Elas aprendem sobre economia, e como tomar conta dos negócios do pai, além de geografia, história e todo tipo de conhecimento formal, o que despertando certa indignação em algumas pessoas que acreditavam que as moças deveriam ser treinadas para casar. Quando Teodor adoece ele é obrigado a ir para Constanta, uma cidade onde o inverno é menos rigoroso e que contribuiria para a sua recuperação, e assim Tati e Jena, que são as filhas mais velhas, ficam responsáveis por cuidar dos negócios enquanto o pai estivesse longe.
A doença de Teodor foi o marco para que muita coisa mudasse em Piscul Dracului. Cezar, o primo das meninas, não acha que elas são capazes de controlar os negócios da família e quer a todo custo controlar a propriedade e os negócios, ele é muito ambicioso e amargo, ele acredita que as criaturas mágicas que dizem existir na floresta foram responsáveis pela morte de seu irmão no lago de Taul Ielelor e anseia pelo dia que poderá destruir toda a floresta.
Em meio à história encantadora envolvendo a mágica pagã da floresta e os perigos dos seres da noite há uma discussão feminista sobre o papel da mulher na sociedade, enquanto Jena luta por suas irmãs, pela propriedade do seu pai e pela própria independência. Confesso que fiquei bastante surpresa com o fato de existir um tema como esse dentro da história, porque sempre parece que tudo o que é do universo de contos de fada mantém as personagens femininas no papel de mulheres submissas, delicadas, esperando pelo príncipe encantado.
É um livro para sonhar e se aventurar!

sexta-feira, 21 de março de 2014

Magnólia + Uma dica de roupinha

Olá, pessoal! Desculpem por todo esse tempo sem postar. Eu estava concluindo as coisas da universidade. Vou colar grau agora em Abril. Nós não faremos formatura porque ninguém da minha turma quis fazer o que acabou sendo melhor (no aspecto financeiro) e agora estou aqui tentando decidir o que fazer da minha vida.

Bem, mas não é bem sobre isso que eu queria falar hoje.

Na virada do ano a minha gatinha Petúnia desapareceu e nós nunca conseguimos encontrá-la. Foi realmente lamentável! Porém na noite do dia 23 de Fevereiro estava chovendo bastante e encontramos uma gatinha na nossa garagem, debaixo do carro. Ela, provavelmente, tinha pouco mais de um mês de idade e estava doente, desnutrida e coberta de sarna.

Nós a adotamos, cuidamos, alimentamos e ela teve todo o acompanhamento de uma veterinária que é nossa amiga - e que é um amor de pessoa! Então recebeu o nome de Magnólia.

Foto de quando ela chegou

Hoje ela está bem melhor. O pelo dela está crescendo novamente nos lugares onde havia sarna e ela está mais gordinha. Ela é muito esperta e carinhosa e tem uma certa fascinação pela TV.


Algumas pessoas dizem que ela se parece com a Petúnia.



Ela estava assistindo ao programa "Muito fofos" do Animal Planet

E já que o assunto é animais de estimação vou compartilhar uma dica para fazer roupinha para cachorros pequenos que eu adorei, e é claro que se você tem um gato pode usá-la também. O vídeo é em inglês, mas não é difícil de entender. Tudo o que você precisará será uma uma meia e uma tesoura.


Eu incrementei um pouco mais e enfeitei com crochê transformando num vestidinho.




Queria mostrar o detalhe da estrelinha com botão dourado nas costas, mas ela não quis colaborar e a foto saiu tremida.

Mas enfim, você pode complementar com rendas, botões, fitas, florzinhas e o que mais quiser.





quarta-feira, 5 de março de 2014

7 pontos de beleza importantes para se observar em uma pessoa

Eu me lembro de ter lido uma postagem parecida no Princess Portal e por isso decidi escrever sobre quais pontos de beleza eu acho que são importantes. Eu não falo apenas do aspecto sexual, mas sim de pontos que fazem com que se admire uma pessoa por toda a sua beleza em aparência e espírito.



1 – Os olhos – O fato de eu ter escolhido esses pode não ser novidade nenhuma para a maioria das pessoas, pois eu sempre encontro uma forma de destaca-los nos meus contos. Os olhos são a janela da alma. Que fique bem claro que eu não estou falando somente da cor da íris ou do formato dos olhos, mas de tudo o que eles transmitem, da forma com que fitam o mundo. Olhos que seduzem ou que transmitem doçura, com um brilho especial, que sorriem ou que confortam. Os olhos falam por si e dizem muito sobre quem os possui.

2 – O sorriso – É a manifestação da felicidade e da alegria e é contagioso. O sorriso radiante da pessoa que amamos faz com que o nosso dia fique melhor e esse é o motivo de muitas paixões.

3 – A voz – Não apenas o timbre da voz, mas também o tom com que ele(a) fala, transmitindo os seus sentimentos ou emoções. A voz é uma espécie de música natural de cada pessoa, é a canção que ela lança ao mundo.

4 – A grafia – Esse é um ponto que revela muito sobre a personalidade de uma pessoa. Sempre que eu conheço alguém eu fico ansiosa para conhecer sua grafia, mesmo que a letra não seja caprichada. A forma com que se escolhe as palavras na hora de escrever um texto também revela muito. Às vezes é possível saber quem escreveu um texto mesmo sem a assinatura do autor pelo seu estilo particular de escrever.

5 – O jeito de andar – Esse é um aspecto que pode ser muito charmoso numa pessoa. Um andar elegante, delicado ou mesmo desajeitado é uma espécie de identidade. Quando vemos alguém vindo de longe logo o reconhecemos pelo modo com que caminha.

6 – Os gestos – A forma com que a pessoa gesticula enquanto fala, age ou exerce suas atividades... Toda a manifestação da linguagem corporal que revela tanto sobre as pessoas.

7 – O bom humor – A vida se torna bem mais leve com bom humor! Algumas pessoas irradiam alegria e fazem com que o nosso dia fique incrivelmente melhor! Essas pessoas são incrivelmente belas!

Imagem: Macoto
terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Geleia de morango e maçã


Eu sou uma adoradora de doces e um dos que eu mais gosto de fazer é geleia. Eu fiz essa receita no último fim de semana e agradou até mesmo o meu namorado que não é muito fã de doces, em especial os que levam frutas na composição. Como a receita experimental deu muito certo eu decidi compartilhar aqui no meu blog.

Rendimento: 1 pote grande de geleia.

Ingredientes:

- 1 bandeja de morangos
- 3 maçãs pequenas
- Suco de 1 limão
- 2 pires de chá de açúcar
- Água

Preparo:
Lave bem as frutas, tire as folhas no morango, descasque as maçãs e tire as sementes e corte as frutas em pedaços. Coloque-as no liquidificador com um pouco de água, bem pouco mesmo, só o suficiente para que o liquidificador consiga triturar as frutas e deixe bater até virar creme. Coloque a mistura numa panela e adicione o açúcar e o suco de limão. Leve ao fogo, mexendo bem até apurar. Então é só deixar esfriar e servir.

A maçã dá um toque aveludado à geleia e fica ainda mais gostoso.

Translate

Sobre mim

Minha foto
Uma dama que aprecia arte em todas as suas formas. Repleta de sonhos, imaginação e poesia. Aquele tipo de garota que projeta uma casa no meio da floresta, que quando vai a praia adora pegar conchas, que conversa com os passarinhos e contempla os maravilhosos espetáculos da natureza.

Seguidores

Postagens populares