domingo, 27 de junho de 2010

Ofélia


Quando li Hamlet a primeira vez não gostei tanto da obra, mas analisando melhor vi quão magnífica ela é. Esta é de longe uma obra de fácil entendimento e que muitas pessoas não gostam por acharem enfadonha. Uma das obras mais longas de Shakespeare - se não a mais longa- e com frases que se tornaram jargões como "Ser ou não ser, eis a questão" e "Há algo de podre no reino da Dinamarca". Se fosse para eu escolher algo que eu mais gostei no livro eu diria que foi o romance (trágico) de Hamlet e Ofélia, mais especificamente Ofélia, que tão frágil se vê desconsolada diante das das palavras e atitudes ferinas de seu amado Hamlet - este se fingiu de louco para concretizar sua vingança contra o próprio tio, que assassinou seu pai e se casou com sua mãe pouco tempo depois. Entretanto em momento algum Hamlet quis machucar, apenas não poderia contar o seu plano a ninguém, nem mesmo a sua amada. Ofélia padece poeticamente em toda sua pureza e romantismo.

As palavras que Hamlet dedica a Ofélia, numa carta, ainda nos primeiros atos são de derreter o coração e evitaria tamanha tragédia se ela jamais as tivesse esquecido, por mais difícil que isso fosse:

"Ao ídolo celestial de minha alma, à formosíssima Ofélia,

Duvida que às estrelas sejam chamas;
Duvida que mover-se possa o sol
Duvida que verdade seja o falso;
Mas deste meu amor nunca duvides.
Ó querida Ofélia, não sei fazer versos, não possuo arte para esconder meus gemido; mas que eu te amo, que eu te adoro, não tenhas dúvida. Adeus! Teu, para sempre, enquanto a máquina deste corpo me pertencer,

Hamlet."

Eu acredito, que mais do que evidencias (às vezes óbvias), vale a pena acreditar em seu amor e jamais se deixar levar por qualquer outra. Quando se sabe que é amado(a) verdadeiramente e tão ardentemente quanto se ama, nada mais importa.

Fica então a dica de leitura: Hamlet, de Willian Shakespeare

Imagem: Ophelia - Lefebvre

2 comentários:

Nina Hime disse...

Olá amiga!

Amo de paixao Hamlet! Ja li varias versoes e gosto muito da história!

adorei o texto!

Ariel L. disse...

Ofélia é minha personagem favorita e realmente não há dúvidas que o melhor no livro é o romance entre ela e Hamlet.
Otimo post
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...