quinta-feira, 19 de abril de 2012

Um conto de fadas muito comum/ A very usual fairytale


Era uma princesa bela o bastante para fazer com que qualquer príncipe se enamorasse. Dormia e acordava como se nenhuma fealdade pudesse tocá-la. Os mais nobres cavaleiros duelariam até a morte por uma fagulha de sua atenção; porém nenhum lhe interessava e tudo parecia muito entediante.

Num dia ensolarado de verão, em que ela passeava tranquilamente pelo bosque, deparou-se com uma caverna onde habitava um temível dragão, que naquele momento estava adormecido. Ela se aproximou encantada e o tocou muito suavemente, sentindo sua pele grossa e escamosa. Passou horas o observando e acariciando.

Quando ele abriu os olhos e notou aquela presença tão suave e delicada, apenas bufou. Ela tentou tocá-lo naquele momento em que estava desperto, mas ele se contorceu e se esquivou. Apesar do desprezo do dragão ela passou a visitá-lo todos os dias, e uma paixão nasceu no coração da princesa da impossibilidade, e crescia regada pela rejeição de seu amado.

O rei descobriu o estranho romance de sua filha. Chocado com o absurdo, ordenou que a confinassem em seu quarto. No entanto ela tinha artimanhas para escapar e se encontrar com o dragão. Vendo a ineficiência da clausura, o rei decidiu mudar suas táticas, e antes que aquela história viesse a tona num escândalo. Ele arranjou um casamento para sua filha, com um príncipe de um reinado próximo.

Ela se viu totalmente impossibilitada de continuar seu romance e então arrancou do peito seu coração de cristal e o entregou ao dragão. Apesar de se casar contra sua vontade o seu coração estaria com seu amado e estaria bem aquecido mesmo se estivesse em cacos.

E assim ela viveu feliz em sua infelicidade.

There was a princess beautiful enough to make any prince fall in Love. She sleeped and woke up like no ugliness could touch her. The noblest gentlemen would duel to death for a spark of her attention; however nobody interested her and everything seemed pretty boring.

A sunny summer day when she was walking calmly by the woods came across a cave where lived a redoubtable dragon, and in that moment he was sleeping. She was enchanted, approached and touched him so softly, feeling his thick and flaky skin. Passes hours looking and fondle him.

When he opened his eyes and noted her, so soft and delicate, just wheezed. She tried to touch him awake, but he squirmed and dodged. Although his disdain she began to visit him everyday and into the princess’ heart a passion born by impossibility and grew showered by rejection from his loved.

The king knew about the weird romance of his daughter. He became shocked with that absurd, and ordered to confine in her room. Though she had tricks to escape and meet the dragon. Noting the inefficiency of enclosure he decided changed the strategies before that fact became a scandal. He arranged a marriage between her daughter and a prince lived in a kingdom around.

She found herself totally unable to continue her romance so rip the crystal heart out of her chest and gave it to the dragon. Although she would marry against her will her heart with her loved and it will be well heated even in pieces.

And so she happily in her unhappiness.

Imagem/ Picture: http://www.ebsqart.com/Artist/Lori-Karels/18941/

5 comentários:

♔ hime illana disse...

Que conto triste, bonito, mas triste, por que a princesa não lutou para viver seu amor? Por que ela aceitou um destino infeliz se casando com um homem que não amava e vivendo longe de seu amor? Por que? ;-;

Desculpe, sou muito romântica e sempre espero um final feliz, mas adorei esse conto, por favor poste mais.

Beijos.

Rosicler disse...

Senti bastantes coisas em comum comigo enquanto contemplava o teu blog.
Já estou a seguir.

Beijos,
Rosicler

Athene disse...

Que lindo conto!!!
Adorei!

Amy KuroNeko disse...

é... já vi contos de fadas muito parecidos acontecerem pelas ruas da vida comum...

Beijos da ♥ Amy | BLOG |

Ringo Ichinose ♡ disse...

Alô, essa princesa precisa rasgar o sutiã e ser feliz! Adorei o conto e sinto dizer que me identifiquei com ela em algumas partes, não em relação ao parceiro, mas em relação a vida de uma forma geral.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...