segunda-feira, 1 de julho de 2013

Árduo



Amar às vezes é uma atividade complicada! Havia uma princesa linda e delicada que estava noiva de um príncipe muito apaixonado. A questão é que algumas donzelas não apreciam excessos de romantismo e quando surge uma paixão açucarada em suas vidas elas logo correm para os braços de uma aventura perigosa. E foi assim que aconteceu.
Os seus pais, o rei e a rainha tinham certeza de ter escolhido o noivo certo. Príncipe de um reino com quem tinham boas relações, sobre de sangue e espírito, e tão belo que arrancava suspiros das mocinhas por onde quer que passasse. Sua postura era impecável e havia nobreza em cada gesto seu; mas não era o suficiente para aquela princesa se apaixonar. Ela queria algo que a tirasse da monotonia do seu castelo e fugiu com o primeiro ogro que passou.

O príncipe, muito corajoso, fora com a espada em punho disposto a lutar bravamente contra o monstro pelo seu amor. Porém assim quem ele ameaçou a fera a princesa colocou-se à frente e disse “Vai-te embora! Estou feliz assim e é com ele que eu desejo ficar!”. O que mais se podia fazer? Amar às vezes é uma atividade complicada!

Nota: Não cumpri o desafio da última semana e não estou tendo muito tempo livre para postar. Peço que me desculpem. Assim que possível responderei a todos os comentários.

Um comentário:

Belle Bueno disse...

Amar é complicado...
E as vezes, o amor não é o bastante.
No amor não se trata apenas de qualidades e compatibilidade, muitas vezes o que falta é sorte.
Gostei muito do conto!

xoxo
Belle

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...