Sobre mim

Minha foto
Uma dama que aprecia arte em todas as suas formas. Repleta de sonhos, imaginação e poesia.

AF&LBN

AF&LBN

Marcadores

Eu recomendo:

Arquivo do blog

Facebook

terça-feira, 7 de julho de 2015

A Fantástica Fábrica de Chocolate/ Charlie and The Chocolate Factory






Há cerca de um mês eu consegui o livro “A Fantástica Fábrica de Chocolate”, eu tinha muita vontade de lê-lo e o fiz no último fim de semana. Assim que li eu quis reassistir às duas versões da história lançadas para o cinema e acabei me inspirando para fazer essa postagem. Durante a minha infância eu assistia ao filme com frequência, lembro-me que costumava passar à tarde no SBT e durante as férias sempre que o filme passava eu ficava com os olhos grudados na TV. Em 2005, quando a nova versão do filme foi lançada eu fiquei ansiosa para assistir. É simplesmente impossível, para mim, escolher uma versão favorita do filme porque cada uma delas é encantadora à sua maneira. A primeira adaptação feita para o cinema foi dirigida por Mel Stuart e o roteirista foi o próprio autor, Roald Dahl. O filme não é completamente fiel à obra, alguns elementos foram acrescentados como o fato da mãe do Charlie ser viúva e ele não ter sido uma criança tão obediente assim, mostrado quando ele e o vovô Joe roubam um pouco da bebida flutuante, mas esse fato não destrói seu caráter. Gene Wilder interpretou o Willy Wonka e o nome da primeira adaptação para o cinema foi “Willy Wonka and The Chocolate Factory”, o título original do livro é “Charlie and The Chocolate Factory”.
            A segunda versão lançada para os cinemas foi dirigida por Tim Burton e Johnny Depp interpretou Willy Wonka. O ator conseguiu deixar o personagem mais sarcástico e divertido. Achei que a segunda versão mais fiel à obra e acrescentou algo que eu gostei bastante que foi a origem do Willy Wonka. Eu não gostei tantos das canções dos Oompa Loompas,  as canções da versão de 1971 são bem melhores, mas eu compreendo que elas não agradariam tanto nos anos 2000, mas eu sinto falta porque sou uma saudosista. Embora eu não goste muito do acréscimo de elementos modernos na história, gostei do fato do Mike Teavee ser colocado como um Hacker e ter conseguido rastrear a entrega dos chocolates. O título do filme em inglês é o mesmo da obra “Charlie and The Chocolate Factory”.
            A Fantástica Fábrica de Chocolate é uma história que sempre me encantou e acho que sempre vai me encantar. Um mundo maravilhoso que salta aos olhos, um doce paraíso e a possibilidade de uma vida mais doce e cheia de sabores incríveis, mas há tantos valores incríveis que eu enxergo nessa história que vão muito além dos doces. Charlie Bucket é um menino pobre, mas muito generoso e humilde. Ele reconhece a família como o bem mais precioso e ele sempre demonstra muito carinho pelos avós que já são bem velhinhos e passam o tempo todo na cama. Charlie é a única criança que realmente merece estar ali e é quem granha o grande prêmio no fim. Por mais pobres que Charlie e sua família sejam eles nunca perdem a esperança de uma vida melhor. A fábrica é o lugar da realização dos sonhos, mostrando que é possível construir um paraíso perfeito e fazer os sonhos se tornarem reais com criatividade e imaginação e às vezes é preciso deixar ultrapassar qualquer limite da lógica para que possamos construir algo esplêndido. A Fantástica Fábrica de Chocolate sempre me deixa com a esperança de uma vida mais doce e mágica.


About a month a got the book “Charlie and Chocolate Factory”, I really wanted to read it and did it during the last weekend. When I read I wanted to re-watch the two movies produced about the book and so they inspired me to write this post. When I was child I watched this movie often. In a channel it was played sometimes, during the vacation when I was in home and it was playing I was fascinated in front of the TV. When the second version was in the movie theater I was anxious to watch. It’s impossible to me choose my favorite version. The both are enchanted in different ways.
            The first version of the movie was directed by Mel Stuart and the screenwriter was the book writer Roald Dahl. The movie was not completely suchlike the book, some facts were add to the story. In the movie the Charlie’s mother was widow and he was not so obedient one he and his grandfather stole a bit of the floating soda, but this happening didn’t become him in a devious child. Gene Wilder acts like Willy Wonka and the movie title was “Willy Wonka and The Chocolate Factory”
            The second movie was directed by Tim Burton and Johnny Depp was the Willy Wonka. The actor made the character be more sarcastic and funnier. I thought the second movie was more similar to the book and add something which I really liked, the Willy Wonka story before the chocolate factory. I disliked the Oompa Loompa songs. The songs of the movie produced in 1971 are more beautiful, but I understand that they wouldn’t be successful in 2000’s. I missed them because I’m nostalgic. Although I disliked when something modern is add to a classic story I confess that I liked when Mike Teavee hacked the chocolate delivery tracking. The movie title is the same of the book “Charlie and The Chocolate Factory”.
            This is a story which has always enchanted me and I think it will always do. An amazing world in front of your eyes, I sweet paradise and the possibility of make the life sweeter and full of amazing flavors and there are so many things beyond the candies which I can see in this story. Charlie Bucket is a poor boy, but so generous and humble. He knows that family is the most precious good and he is always do lovely with the grandparents who are really old and be on the bed all time. Charlie is the only child who deserves to be in the factory and wins the final prize. Even Charlie and his family are poor they never lose the hope about a better life. The factory is the place where the dreams come true and show us that it’s possible build a perfect paradise and made the dreams come true with creativity and imaginations and sometimes we need to be illogic if we want to make something amazing. Charlie and The Chocolate Factory always bring me hope and I believe that the life can be sweeter and more magic.



             

4 pérolas:

A única versão que assisti foi a segunda e gostei muito!
Acho que vou tirar um dia para fazer um cine-pipoca aqui em casa e irei assisti-lo novamente <3
Adorei a postagem!

Aninha disse...

Definitivamente se pudessem juntar as duas versões em uma só seria melhor. O segundo é legal pois dá pra entender melhor a história e tbm tem o Johnny Depp ♥, mas o primeiro me encanta mais. Eu amo os Oompa Loompas do primeiro filme. Como eu gostaria que tivesse uma fabrica Wonka *u*

Eu vi as duas versões mas a primeira mora no meu coração pois me acompanhou na infância :)

Jenny C. disse...

Eu gosto muito das duas versões do filme e há anos tenho vontade de ler o livro. Agora foi bom ler isso, vou ver se consigo uma versão para o kindle :)

Bjs!

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Livro

Livro
Para quem deseja adquirir o livro "As donzelas e as sombras" de Luana Madrepérola, também autora do blog Doce Madrepérola. Clique na imagem.

Seguidores

Postagens populares

Heart it

Instagram